Amizade é pra ser assumida. É pra marcar e usar legenda: mais que amigos, friends!

Amigos nem sempre são perfeitos um com o outro, mas é a aquilo… Já nos conhecemos tão bem e sabemos tão bem sobre nossas qualidades e defeitos que podemos até passar um tempo afastados, mas sempre seremos amigos.

Ele pode ter alguns defeitos, causar o maior caos onde ele chega, te dar alguns prejuízos como queimar a fonte do teu computador (várias vezes), comer por 20 pessoas ao mesmo tempo, quer saber de tudo que acontece com todo mundo, ser muito energético e agitado, e a parte mais chata dele e como dizemos em Paulista “cabulosa” é que ele um verdadeiro espanta namorados e pretendentes dazamiga … Já que é muito conhecido em determinados círculos.

Algo que eu adoro neste amigo é o seu jeito de levantar o meu astral quando eu estou pra baixo. Ele me faz rir na rua, no shopping, no condomínio, na universidade… Sempre causando o caos e querendo ver o pessoal se movimentando e agitando a geral. Apesar de gostar muito dele, eu tenho que dividi-lo com outras pessoas que querem estar com ele (mas a maioria delas odeia o caos e a bagunça que ele causa) e quer apenas os “benefícios” que ele trás. 

Pra ele não tem essa de “não pode isso, não pode aquilo” quando ele quer algo ele apenas faz e ponto final. Eu acho que ele tem algum problema com coisas que são lacradas (deve ser coisa de homem que adora tirar a virgindade das gurias). Ele não pensa duas vezes e saí abrindo tudo pelo caminho. Ele é como Moisés que abriu o mar vermelho ou como aquele som de sirene “saí da frente… Saí da frente” ou como aquela música da Valeska Popozuda “late, late, late que eu tô passando”.

Ele tem algo muito parecido com um gay ou transsexual (lendo muito sobre o Marquês de Sade, que na minha opinião é a figura literária que mais se aproxima dele percebo muitas semelhanças), mas eu sinceramente acho que ele é na dele. Ele gosta de gurias bonitas de rostinho de bebê (pele branquinha, olhos claros, cabelos loiros, sem espinhas, toda perfeitinha, caladinha, certinha e com bunda…) e não gosta muito de exibir suas conquistas amorosas, ele gosta de manter seus relacionamentos só pra ele. 

PS: Ele não é muito de literatura, mas acho que ele tá adorando minhas leituras sobre Justine (a ninfomaníaca desesperada) e Juliette (que adora swing e sexo grupal com sadomasoquismo). Ele está fascinado com aquelas imagens do AMEA –  World Museum of Erotism e queria ver todo mundo fazendo aquilo Hahaha!

Nós brigamos muito, vocês não tem ideia de quanto brigamos todos os dias. Porque o fato dele não ter desencalhado ainda, não significa que sua amiga aqui precise ficar solteirona. Vou revelar aqui o tipo de coisa que ele faz pra espantar meus pretendentes ou acabar com meus namorados. Ele faz umas coisas para que eu me sinta a pior pessoa do mundo, me estressa com um monte de paranóia na minha cabeça, faz com que eu me veja feia, gorda, cansativa, ou como se eu quisesse ser mais estrela do que outras.

Quando não é isso, ele sempre acha um defeito nos meus pretendentes e adora falar mal dos meus ex-namorados ou ficar falando dos meus defeitos e meus erros nos meus relacionamentos anteriores pra todo mundo. Eu tenho vontade de esganá-lo a maioria das vezes, mas no fundo eu o amo e todo mundo sabe disso. Eu não consigo viver sem ele (eu só queria que ele fosse mais legal comigo quando eu estou namorando pelo menos até que se torne oficial) e manter a mente das pessoas ocupada com outras coisas e evitar estar falando de mim por aí. Eu sei que ele adora colocar algo que eu faço em algum lugar para que eu me sinta lembrada e importante (ele é ótimo em fazer isso, só que sempre é outra pessoa que está fazendo).

Outra coisa que eu não gosto nele é um jeito estranho de dizer “você pegar isso” e depois dizer “me devolve que é meu!” Ele é meio bipolar quando se trata de me dar algo, por que ele acha que se um dia eu for rica, bem sucedida ou ter muito dinheiro eu vou mudar e vou passar a ser arrogante, mas eu não vou por que essa arrogância é algo dos “ovos” e no momento eu estou mais para vida de estudante universitária vivendo fora de casa e tentando fazer um namoro dar certo.

Eu sei que ele gosta de mim por esse meu jeito, ele adora me lembrar dos meus tempos de muambeira de net, de quando eu sobrecarregava o carteiro pedindo todo tipo de amostra grátis para minha coleção, ele adora me lembrar que eu agitava o chat quando estava parado com algum caso real ou fictício (que não importa, por que o que importava era todo mundo estar lá).

Aqui ele está tentando agitar as coisas por aqui com os jogos e eu gosto de participar das coisas, desde que eu consiga terminar e cumprir com minhas obrigações da faculdade, namorar ou resolver minhas coisas. 

Eu sei que ele gosta de mim, mesmo não demonstrando muito bem ou de um jeito que eu ficaria feliz. Ele é super ansioso e quer tudo já e agora. E certas coisas levam um tempo… Eu só queria que ele entendesse isso e que eu tento fazer o meu melhor. E mesmo distante eu gosto dele.

E por fim, eu acho que estão usando ele indevidamente. E eu não sei se ele está satisfeito com isso. Eu sou apenas sua amiga legal 🙂

 

Deixe uma resposta