“Clean slate for kids”: Senadores pedem privacidade para pré-adolescentes

Notícia publicada no portal CBN alega que legisladores americanos estão procurando maneiras de ajudar os jovens a terem uma vida mais saudável no mundo digital.

O Clean Slate para Kids Online Act foi apresentado esta semana pelo senador Richard Durbin (D-IL) e pelo senador Ed Markey (D-Mass).

O objetivo do ato é exigir que os hubs de mídia social apaguem todos os dados coletados antes de o usuário completar 13 anos. Em uma declaração de Durbin, o ato “fortaleceria as proteções de privacidade on-line para crianças quando os sites coletassem suas informações pessoalmente identificáveis”.

Durbin diz que quer proteger as crianças porque “na era atual de ‘big data’, pois estas crianças estão usando a internet todos os dias sem entender completamente as consequências de cada clique”.

Apontando para as práticas questionáveis de gigantes da mídia social como o Facebook Messenger Kids e o YouTube Kids, que anunciam no mercado de pré-adolescentes, os defensores da medida acham que é hora de proteger nossos filhos dos mineradores de dados.

De acordo com o Chicago Sun-Times, Durbin disse aos repórteres: “Eles podem pegar seu nome, endereço, podem até ter acesso a um número da Previdência Social do qual desistiram, suas geolocalizações, registros de voz, seu rosto e Deus sabe o que mais. E toda essa informação se torna parte de um arquivo grande em uma criança “.

 

About the Author

Rafaela da Silva Melo

31 anos, Pedagoga, apaixonada por livros, filmes, músicas, quadrinhos, animais, natureza, boa comida e viagens.

Deixe uma resposta