Tecnologia

Identidade digital: novo documento único começa a ser emitido no segundo semestre

Posted on

Ótimas notícias para uns, sentimento de frustração para outros que recentemente tiveram que renovar seus documentos e enfrentaram toda a burocracia possível, filas, horas de espera, pagamento de taxas um tanto exorbitantes, dentre outras situações que poderiam ser evitadas.

Segundo o portal de notícias Olhar Digital, o DNI (Documento Nacional de Identidade) estará disponível primeiramente em tablets e smartphones como documento único, sendo válido em todo território nacional.

O próximo passo consiste na incorporação do DNI aos documentos de identidade estaduais que ganhará uma versão física com chip. O portal de notícias ainda explica que, inicialmente somente os eleitores cadastrados na base de dados da justiça federal poderiam ter o documento, mas todos os brasileiros o terão este direito. 

Bem como o CPF, o DNI poderá substituir alguns documentos e facilitar a vida de milhões de brasileiros que aguardam pelas mudanças. Uma das principais preocupações, diz respeito a segurança dos dados dos cidadãos, afim de reduzir os casos em que pessoas se passam por outras e de que tais dados possam ser utilizados para fins ilícitos.

Para isto, uma das medidas adotadas será a de que ao gerado, o documento será autenticado por meio de chaves de segurança em um servidor protegido por órgãos públicos. O aplicativo também permite a função QR CODE para gerar um código único para cada documento, evitando que este seja copiado.

O projeto conta com grande apoio dos jovens que utilizam dispositivos móveis (smartphones e tablets), pois estes consideram que se trata de uma inovação governamental importante para tornar o uso dos serviços públicos mais prático.

Fonte: Portal Olhar Digital. 

Deixe uma resposta