Especial 12ª OID Inventivid@des Digit@is: criando um amolador de facas com um HD

A palestrante Beatriz Pereira, do Telecentro Raposos em Minas Gerais, apresentou para o público (a maioria jovens participantes de projetos de Metareciclagem espalhados pelo país) a possibilidade de reutilização de HD’s e outros equipamentos danificados ou antigos em projetos inovadores e criativos.

Durante a oficina, Beatriz contou sobre seu primeiro contato com a informática, sua longa atuação nos telecentros e de como o encontro com a metareciclagem mudou a sua vida.

O momento mais esperado da oficina foi a apresentação do “amolador de faca com HD” construído pela própria Beatriz com ajuda dos monitores do telecentro. Para a construção dessa super máquina ela utilizou um HD danificado, uma “carcaça” de rádio e uma fonte de alimentação (o motor).

Não é feitiçaria é tecnologia!

Texto e Fotografia: Rafaela Melo.

Especial 12ª OID: Arte-educação, Educação Popular e Ambiental: Diálogos de Bumerangue

Texto: Rafaela Melo e Fotografia: Breno Neves

Alissa e Elisa Gottfried, arte-educadoras populares e integrantes do coletivo Ecoa Ecoa, apresentaram na 12°OID materiais produzidos durante o Projeto Identidade Sociocultural da Vila Santa Teresinha. O projeto, desenvolvido em parceria com a Casa Brasil Porto Alegre, aconteceu de novembro de 2011 a dezembro de 2012 em diálogo com 10 jovens educandos de 14 a 25 anos, moradores da antiga na Vila Santa Teresinha (antiga vila dos Papeleiros, em Porto Alegre- RS).

O projeto foi viabilizado através do Edital ESPORO DE CULTURA DIGITAL/MInC e teve como resultado a Mostra Artística Itinerante Cacos e Ecos. Uma de suas obras é um livreto “Mais vale um livreto livre do que um educador na mão”, que reúne as palavras geradoras que emergiram dos participantes do Curso de Cultura Digital e Educação Popular desenvolvido pelas palestrantes.

As demais obras da Mostra Cacos e Ecos utilizam o lixo eletrônico como suporte, além de difundirem a cultura digital, a educação popular e a Metareciclagem, tendo como conteúdo artístico os produtos finais do processo criativo do projeto.

Durante a palestra das arte-educadoras, o público pode criar seus bumerangues com as palavras que lhe faziam sentido. Após a palestra, foi montado no saguão do Hotel Nacional uma mostra com os materiais produzido durante o projeto.